Resenha: Rowan, o Guardião

O que é?
Primeiro livro de uma série de livros juvenis escrita pela autora australiana Emily Rodda e lançado no Brasil pela Editora Fundamento.

Sinopse
Os seis mais fortes e corajosos aldeões decidem desafiar os terrores desconhecidos da Montanha e descobrir o que causou a seca do único córrego da aldeia. Mas Rowan, por causa de uma brincadeira de Sheba, a feiticeira do vilarejo, é obrigado a ir com eles e se torna o indesejado sétimo membro do grupo. Ele deve descobrir a força e a coragem dentro de si, pois não tem escolha: o mapa que indica o caminho até o topo só se revela em suas mãos.

Essa perigosa jornada é a chance de Rowan sair da sombra de seu pai e ganhar o respeito do vilarejo. Mas, aterrorizado pelos perigos que poderá encontrar no caminho, Rowan nem pensa nessa possibilidade. Ele quer apenas sobreviver e salvar seu lar.

Guiados por um mapa encantado, o grupo segue pistas misteriosas. Ao longo da jornada, os aventureiros enfrentam perigos que não poderiam imaginar e são colocados frente a frente com seus piores pesadelos. Um a um, a Montanha tenta vencer todos. E apenas um deles vai ter a coragem e a inteligência para alcançar o topo e vencer o desafio final.

Comento...

Aqui como em Deltora os heróis passam por diversas provas, mas ao contrario de Deltora que dividiu os desafios em vários livros à autora colocou todos eles num mesmo livro. Imagino que Emily Rodda tenha outros planos para Rowan nos próximos livros da saga.

Assim temos uma história linear sem reviravoltas onde os desafios são apresentados e rapidamente resolvidos deixando-nos a impressão de que eles só estão ali para atrasar / impedir o avanço dos parceiros do herói para que ele chegue sozinho ao fim e cumpra sua missão. É um macete válido que é usado à exaustão nas séries de animação japonesa para garotos e, talvez por isso, passou-me a impressão de que lia / via mais do mesmo.

Claro que eu devo levar em conta que o livro foi escrito para leitores vinte e cinco anos mais jovens, pelo menos. Como escritora de livros infanto-juvenis se sai muito bem, como já provou sua série anterior: Deltora Quest.

A narrativa de Emily Rodda é limpa e direta, sem floreios, sem grandes mergulhos na psique de Rowan ou dos outros personagens grupo de aventureiros. Uma pena porque a autora construiu um grupo interessante de personagens que mereciam ser mais bem exploradas; espero que voltem nos próximos livros da série.

Assim como em Deltora a autora opta pelo foco narrativo em terceira pessoa com narrador-parcial; ou seja, o narrador está o tempo todo sobre Rowan, acompanhando seus passos e seus pensamentos, mas sem aprofunda-los muito, e conhecemos o mundo e os outros apenas pela percepção que Rowan tem deles.

É quase como uma variante do foco narrativo em primeira pessoa e assim, como esse exige certa habilidade do autor na construção da história; e não estou dizendo que Emily Rodda não tenha essa habilidade, muito pelo contrário; ela se sai muito bem no que se propõe.

Escritora habilidosa, Emily Rodda nos brinda com uma obra parecida com Deltora Quest, pelo menos em sua execução, maior sucesso da autora, que pode crescer e nos oferecer muitas surpresas nos próximos livros da saga. 




Ficha Técnica
Rowan, o Guardião - O Maior Teste de Coragem Está Começando
Autor: Emily Rodda
Editora: Fundamento
ISBN: 9788576763697
Formato: 23x15 cm
Encadernação: Brochura
Quantidade de páginas: 12o

Clique AQUI para adquirir o seu!

Nenhum comentário:

Postar um comentário