CANHÕES DE MARTE


EPILOGO

Francisco sorveu o café fumegante.

Os dias transcorriam iguais desde que haviam cumprido a tarefa que os trouxera a Marte. Todos tiveram um desempenho além do esperado e o mais importante: não acontecera nenhuma baixa. Agora estavam espalhados por Marte tentando levar a vida até o dia D.

Liambos, Felisatti e Bilatto haviam se juntado a resistência e eram os principais responsáveis pelas sabotagens e atentados dos últimos dias. Ibañes, dizendo que sempre tivera vontade de conhecer as minas carboníferas de Marte, partira para Cimmeria, onde se empregou como mineira. Fisher se embrenhou na rede de bordéis de Olimpus. Estava aproveitando as férias, segundo suas palavras.

Francisco, por outro lado, havia conseguido um emprego como caminhoneiro. Para ele a guerra estava acabada. Quando voltasse casaria com Melissa, após a guerra deixaria a farda e, quem sabe, compraria um caminhão e iriam conhecer o mundo.

Sorriu ao lembrar-se de Melissa. Estava com saudades.

– O que está acontecendo lá em cima? TODOS! Venham ver!

Alguém gritou, apontando para o céu, do lado de fora da lanchonete. Todos correram. Francisco foi um dos últimos a sair. Ainda segurava a caneca de café. Havia uma comoção em todos os expectadores.

Lá em cima, sobre o céu estrelado da noite marciana, fachos de luz cortavam o éter enquanto que estrelas efêmeras surgiam e desapareciam.

Francisco sorveu o café sorrindo.

Dentro de pouco tempo ele estaria sorvendo os lábios de sua doce Melissa.

 A luta pela libertação de Marte durou exatos seis meses marcando a guinada na guerra espacial a favor dos mundos aliados.

Mesmo a ferocidade das batalhas no teatro de operações de Jupiter e Saturno não impediram o avanço das forças terrestres e marcianas em direção a seu destino final: Oberon.

A órbita de Urano se tingiu de vermelho quando a, outrora, gloriosa marinha de guerra uranita lançou seu ultimo e desesperado ataque. Um ataque efemero que tentava impedir o vagalhão inevitável.

Após combaterem numa cidade após a outra as forças de desembarque aliadas se aproximaram da capital planetária, arrasada pelos bombardeios orbitais. O fim da maior guerra que os filhos do sol presenciaram estava próximo.

E ele chegou com um suicídio.

FIM


E assim chegamos ao fim de mais uma história, espero que tenham gostado e aguardem que em... 7 DIAS tem mais!

Nenhum comentário:

Postar um comentário