JBC lança Bakuman

A Editora JBC lança uma das obras mais aguardadas pelos fãs de mangás: Bakuman! Criada pelos mesmos autores de Death Note, Tsugumi Ohba e Takeshi Obata, a série é um dos mangás de maior sucesso no Japão e no mundo na atualidade, e agora, chega ao Brasil em edições mensais no formato tankobon.
Serializado desde 2008 na revista Shonen Jump, da Editora Shueisha, Bakuman conta a trajetória de dois estudantes ginasiais, para conseguirem se tornar autores de mangás bem sucedidos no concorrido mercado japonês de quadrinhos.

Sucesso internacional
Além de ter vendido mais de 7 milhões de cópias apenas no Japão, Bakuman foi o primeiro mangá a ter seu capítulo de estreia lançado online pela Shueisha, já traduzido em diversos idiomas.
Atualmente, a obra também é publicada nos Estados Unidos, França, Alemanha, Espanha e em vários outros países ao redor do mundo. Desde seu lançamento no mercado norte-americano, Bakuman constantemente figura entre os dez quadrinhos mais vendidos nos rankings do The New York Times.
Sua popularidade fez a história ganhar uma versão animada de 25 episódios, produzida pelo estúdio J.C. Staff. A série foi exibida em outubro de 2010 no canal japonês NHK. Com a boa audiência, uma segunda temporada foi marcada para estrear em outubro de 2011. Nesse mesmo ano, um jogo para Nintendo DS foi anunciado e, durante a Japan Expo, um dos mais renomados eventos de cultura pop japonesa, a obra ganhou o prêmio na categoria “Melhor Mangá Shônen”.

A história
Mashiro é sobrinho de um falecido desenhista que só conseguiu ter uma única obra de sucesso em toda sua vida. Herdando o talento do tio para o desenho, ele passava os dias no marasmo, sempre rabiscando em seus cadernos a imagem de Miho Azuki, a colega de classe por quem é apaixonado. Um dia, Mashiro esquece um dos desenhos na sala de aula, e quem o encontra é Akito Takagi, o melhor aluno da turma. O sonho de Takagi é se tornar um roteirista de mangá; por isso, ele “ameaça” contar o segredo de Mashiro para Azuki, caso o garoto não faça as ilustrações para suas histórias.
Mesmo sem muita empolgação com a ideia no começo, Mashiro acaba aceitando quando descobre que o sonho de Azuki é se tornar uma dubladora. Ele, então, faz uma promessa à menina: irá criar um mangá de sucesso, para que vire um desenho animado e seja dublado por Azuki. Mas, antes desse sonho se concretizar, os dois não poderão se encontrar. A partir disso, Mashiro e Takagi terão que se esforçar muito para descobrir como fazer um mangá de sucesso no competitivo mercado de HQs japonesas.
Apesar da história de amor entre Mashiro e Azuki como pano de fundo, Bakuman é focado no mundo da criação de mangás, desde a idealização de um roteiro, criação de personagens, até o processo editorial, os prazos de entrega, e diversas curiosidades sobre o mercado de HQs no Japão, sempre fazendo inúmeras referências aos quadrinhos e autores reais. Aliado ao traço habilidoso de Obata, e ao roteiro muito bem construído de Ohba, a série não se limita apenas aos bastidores da criação de mangás, mas também mostra o amadurecimento dos protagonistas, seus sonhos e suas frustrações.


Por Alexandre Manoel

Visto no www.impulsohq.com.br

Nenhum comentário:

Postar um comentário