Lançamento NHQ



Clique na Imagem para Acessar!

Lançamentos HQNADO




Clique nas Imagens para Acessar!

A Saga dos super-heróis brasileiros

Por Edgar Smaniotto

Os super-heróis são considerados por muitos acadêmicos e quadrinistas brasileiros como um subproduto literário americano típico. Discordamos totalmente desta avaliação, até porque o gênero esta presente em quase todas as mitologias do mundo. Mas, realmente é nos Estados Unidos que, como entretenimento e cultura de massa, os super-heróis têm atingido seu ápice.

Isto não quer dizer que o gênero tenha se dado mal em outras bandas. Um bom exemplo disto é o género faroeste, que pode ser tido como genuinamente americano. Certo? Mas muitos de nós, inclusive este resenhista, acompanha o gênero por quadrinhos como Tex, Zagor e Mágico Vento, todos eles italianos. Quanto ao gênero de super-heróis propriamente dito, podemos ver muitos quadrinhos de sucesso pelo mundo afora, não americanos. Afinal o famoso mangá e anime Dragão Ball não é super-herói assim como uma boa parte dos mangas, ou é? E que dizer de Asterix?

Resulta que sou um defensor da possibilidade de escrever boas histónas e criar bons personagens em outras paragens. No Brasil, país que sempre consumiu muita história em quadrinhos de super-heróis, esta é sempre uma possibilidade em aberto. Na verdade muitas boas propostas de super-heróis legitimamente brasileiros já foram produzidas ou estão sendo produzidas.

Muitas vezes á crítica a estas iniciativas são promulgadas por artistas e intelectuais avessos ao gênero em si, não importando o lugar onde está sendo produzido. Defendemos uma visão imparcial e menos preconceituosa! O resgate do gênero no Brasil foi feito pelo quadrinista, editor e jomalista Roberto Guedes, ele mesmo criador do super-herói Meteoro, no livro a Saga dos super-heróis brasileiros (Editora Opera Graphica ).

O livro narra a trajetória das grandes e pequenas editoras, dos selos independentes e dos fanzines de super-heróis editados no Brasil. Na maioria das vezes sem o apoio de grandes editoras, e por isto impossibilitados de vencer a barreira de vendas e marketing dos quadrinhos de Super-Heróis Marvel e DC.

Quando contaram com o apoio de grandes estruturas midiáticas, casos dos personagens Garra Cinzenta, Judoka e Capitão 7, estes conseguiram uma vida editorial e sucesso comercial para além das três ou quatro (se tanto), edições artesanais tão comuns no Brasil. O livro conta com depoimentos de vários profissionais do meio e suas visões sobre como fazer super-heróis em terras brasileiras.

Os quadrinistas que se aventuram no gênero muitas vezes são tidos como imitadores, sem criatividade. Muitos acham que o Brasil só pode produzir histórias em quadrinhos de humor, pornografia, terror e históricas. Imagine se Maurício de Sousa, criador da Turma da Mônica, que na atualidade praticamente domina o mercado brasileiro, relegando as HQs infantis da Disney a um segundo plano quase invisível, tivesse esta mentalidade.

Há no livro uma gama de relatos sobre as particularidades de uma infinidade de personagens: Garra Cinzenta, Velta, Judoka, Escorpião, Raio Negro, Capitão 7, Jerônino, Solar, Meteoro, Cometa, entre outros.Apresentando ao leitor esta fantástica, e muitas vezes desconhecida 'fauna", que merece ser redescoberta e apreciada.

Ao terminar o livro, o leitor chegará à conclusão que não só é possível criar super-heróis genuinamente brasileiros, como muitos já estão por ai. Só falta algum editor ver! Um resgate interessante e necessário que Guedes faz.

Indispensável para quem quer conhecer a fundo a história dos quadrinhos brasileiros, e para quem deseja criar seu próprio personagem. Afinal aprendemos com os erros e acertos de nossos predecessores. Boa Leitura!


Originalmente Postado no www.bigorna.net

Grim Tales from Down Below

Grim Tales from Down Below es un webcomic estilo manga basado en algunos personajes de la serie animada de Cartoon Network "The Grim Aventures of Billy and Mandy" (también conocido como "Las sombrías Aventuras de Billy y Mandy) y de la cual su creador original es Maxwell Atoms.

Dibujado por Bleedman, un fan de la serie, y hosteado por Snafu Comics en Ingles mantiene una regular publicación online. El cómic se basa en las aventuras de la Familia Grim principalmente en los hijos Grim Jr. (a.k.a. Junior) y MiniMandy (a.k.a Minnie), el comic o doujinshi es bastante oscuro y fluye a través de diversos mundos mostrándonos así un sin fin de personajes de otras series como Spawn, The Nightmare Before Christmas (El extraño mundo de Jack), Danny Phantom, entre algunos otros.


Clique na Imagem para Acessar e Ler!

Vigilantes

Os Vigilantes são o grupo de super-heróis brasileiro com o maior numero de historias em quadrinhos publicada na internet até hoje! Criado por Marcos Gratão no início de 2005 para um fanzine de mesmo nome, o grupo formado por Material Girl (andróide capaz de alterar seu corpo nos estados sólido, líquido e gasoso), Freezer (rapaz que possui uma série de equipamentos e armas congelantes), Estrela Branca (super-heroína que herdou os poderes de seu pai, e também age para o governo em missçoes especiais), Weapon Man (Telecinético que usa seu poder e sua mente brilhante para criar armas que usa durante as lutas) e Nuclear Boy (garoto com poderes Nucleares) teve 5 fanzines lançados.

Em outubro do mesmo ano, o grupo foi para a internet, onde começou a ser publicado em versão on-line, com várias páginas coloridas! Hoje, já são mais de 30 capítulos on-line e várias HQs especiais. Uma das características dessas HQs é a participação de outros artistas brasileiros, seja no roteiro, ilustração de algumas capas ou até mesmo paginas da HQ.



Clique na Imagem para Acessar e Ler!