Resenha: Major Brasil – A Conspiração

O que é?
Gibi digital publicado no site Núcleo Quadrinhos com Roteiro de Vagner Francisco e Desenhos de Orlando Maro.

Comento...

A Arte: Orlando Maro exagera nos tons de preto, mas isso não é um defeito. Defeito foi ele não ter conseguido acertar o uniforme do personagem titulo. Outro, no ultimo quadro da pagina 10 somos a apresentado a um alienígena e no penúltimo quadro da pagina 13 a outro – espero que eles não sejam da mesma espécie.

Roteiro: O roteiro foi prejudicado pela falta de um simples recordatório. A técnica de começar um dialogo no presente e terminá-lo no passado simplesmente não funcionou. Com o recordatório a confusão criada pelo uso de dois tempos - presente e passado - não ocorreria.
Penso também que este tipo de história não é adequada para o gênero superaventura. Ao pegar um gibi de super-herói o leitor antevê que o herói enfrentara um inimigo a altura, mas se depara com uma história onde o super impede um roubo de cadáver?! O leitor se sentirá frustrado. Frustração aumentada por causa da capa enganosa, que promete algo que a história não tem.
Claro que o roteiro vai muito alem de um simples roubo de cadáver e a participação do herói é ínfima e equivocada. Vagner Francisco esqueceu-se que “O herói deve ser o agente da resolução da história, ele deve agir, em vez de apenas reagir, e estar envolvido diretamente com o enredo principal”.
Bem faria ao Vagner Francisco ter criado um personagem apenas para a história.

Major Brasil: Infelizmente o roteirista não soube trabalhar com o personagem. Ao invés de nos apresentar um herói ele mostra um troglodita. Personagens “bandeirosos” flertam com o arquétipo do paladino: essa é a essência do personagem e nada deve jamais distrair o herói de sua essência sem correr o perigo de descaracterizá-lo.

Encerrando: No contar dos mortos, Vagner Francisco tinha em mãos um argumento que oferecia desdobramentos interessantes e inquietantes. Infelizmente o roteirista confundiu o fim do primeiro ato com o fim da história e, assim, privou seus leitores da satisfação de acompanhar o desenrolar da trama e sua conclusão. Lamentável e frustrante!