Interstella - Introdução

Interstella - Introdução




A Via Láctea possui forma espiralada, com 100.000 anos luz de diâmetro por 400 anos luz de espessura.
O núcleo central é composto de um gigantesco buraco
negro, em torno do qual não só gira nossa galáxia,mas também as nuvens de Magalhães. Existem bilhões de estrelas orbitando o núcleo central,formando “braços” como se seguissem umas as outras.
O Sol fica no final (ou começo) do Braço de Órion,cujo nome deriva da nebulosa de mesmo nome. Mais para fora da galáxia encontram-se os Braços de
Perseu e Cygnus e para dentro, olhando mais oumenos na direção do Cruzeiro do Sul, se vêem os Braços de Sagitário, Scutum-Crux, Norma e o Centro
da Galáxia.
Menestréis,livre-cambistas, mercadores, caça-prêmios, soldados e aventureiros com coração de aço percorrem esta vastidão carregando histórias de mundos estranhos, gloriosos e longínquos.

- Uma Galáxia em Movimento

A maioria dos mundos humanos está na Dispersão, uma vasta região da galáxia que abrange Perseu, Cygnus e extensões de Órion. Mundos humanos podem ser encontrados em numerosos outros pontos da Via Láctea, mas é aqui que a humanidade faz sentir seu predomínio bélico, cultural e religioso.
Na Dispersão estão planetas como Guimaraes com
seus monumentos dedicados às glórias da humanidade. Terrania com suas universidades e catedrais cujas torres pontiagudas perfuram os céus.
Galaad com suas mulheres, de longos cabelos negros, envoltas em seda e vastas casas guerreiras. Betânia com seus invernos rigorosos e Kariath-Yarin com seus
zigurates e magníficos jardins suspensos.
Aqui também esta a Igreja Católica, os valorosos e honrados cavaleiros da Santa Cruz e a poderosa Companhia das Índias Galácticas cujas frotas mercantes cortam o éter enfrentando piratas e mercadores goblins expandindo ainda mais a influencia humana.
Este é um lugar de Vassalos e Suseranos. De Cavaleiros e Mercadores. De Sacerdotes e Aventureiros. Enfim, um lugar em eterna efervescência.
Os homens são uma raça de construtores de impérios, mercadores, sacerdotes e amantes da aventura e estão sempre dispostos a enfrentar os desafios quando eles aparecem. A humanidade é jovem e vigorosa e esta destinada a sustentar o futuro da galáxia em suas mãos – para o bem ou para o mal.
- Uma Galáxia de Muitos Povos.

Mas esta não é uma galáxia só de humanos, eles podem ser os mais comuns, mas não os únicos. A humanidade divide seu lar com uma enorme variedade de outras espécies inteligentes - entre elas os elfos.
Os elfos são a raça dominante da nação espacial mais poderosa da atualidade: o Império Vadari. Cercados por diversas raças auxiliares, os decadentes lordes vadari muitas vezes tentam impor sua vontade sobre os frágeis mundos humanos.
Também há anões na galáxia. Tão comuns quanto os elfos, encontrados nas ruas das grandes cidades planetárias ou bebendo cerveja em tavernas de entrepostos espaciais. Séculos atrás a Irmandade Anã rivalizava em poder com os impérios élficos, mas nos dias de hoje a Irmandade é apenas um fantasma que assombra os nobres anões.
Existem os basteth, uma raça de ancestrais felinos Séculos atrás os basteth perderam seu mundo natal e desde então adotaram os mundos humanos como seus. Os basteth prezam a individualidade e a liberdade acima de tudo e muitos desta raça já mostraram seu valor, seja nos tempos de guerra, seja nos tempos de paz, na defesa destes ideais.
E os tricera, um povo sáurio de guerreiros honrados que, há poucos anos, chegou aos sistemas estelares da Dispersão Humana vindos do centro galáctico. Estranhos numa terra estranha estes sáurios orgulhosos vendem sua força guerreira como força de manter suas frotas voando.
Há goblins na galáxia. Este povo seria apenas mais um entre outros se não fosse sua ambição e ganância. Qualidades estas que tornaram-nos senhores absolutos do comercio espacial. De suas mansões em Rhotundaa, a lua comercial, seus príncipes mercadores impõem suas condições e seus preços a todos os povos, eliminando inescrupulosamente todos aqueles que ousam desafiá-los.
Além dessas há diversas outras raças civilizadas, apesar de seu numero reduzido. Centauros e fadas continuam suas explorações espaciais, mas vêem se tornando cada vez mais prudentes com as incursões humanas. Os sáurios controlam vastos sistemas solares próximo ao centro galáctico. Os orgulhosos Saltadores vagam entre as estrelas, como os nômades que são. No entanto, seu numero é pequeno quando comparado ao menos povoado dos mundos humanos. E há muitas, muitas outras raças. Seres que variam do grotesco ao belo, do sanguinário ao santificado.

- Uma Galáxia Ameaçada

Uma enorme quantidade de inimigos ser erguem contra os jovens planetas humanos e os mundos ancestrais das raças antigas. Em primeiro lugar estão
os povos hostis - hobgoblins, trolls, orcs, ogros e toda
sua espécie.
Treinando guerreiros ferozes em planetas de sóis mortos ou nas cavernas de mundos destruídos,regularmente eles abandonam seus mundos para pilhar e destruir colônias e comboios, que desafortunadamente estão em seu caminho.
A galáxia é o lar de criaturas mais malévolas, cruéis e
calculistas que os capitães hobgoblins ou orcos. As profundezas da galáxia abrigam seres estanhos, poderosos e sinistros que sonham em escravizar as estrelas e devorar o gado humano enquanto reinam soberanos sobre toda a Via Láctea.
Com certeza os bergahazza estão entre estes seres malévolos. Vindos das profundezas do espaço e acostumados a violência e a corrupção eles almejam
conquistar toda a galáxia. Infelizmente poucos sabem da existência destes seres e menos ainda conhecem suas reais intenções.
Entretanto, nem as incontáveis incursões dos povos hostis, nem os poderes sombrios escondidos em nebulosas macabras são a maior ameaça aos mundos civilizados da galáxia. Está honra pertence aos Aemons – criaturas, em geral gigantescas, que habitam o próprio vácuo estelar. Ninguém sabe ao certo quantas espécies existem ou vagam pelo cosmo, mas todos sabem que apenas uma destas criaturas é suficiente para condenar um planeta.

- Uma Galáxia de Heróis

Esta é uma galáxia de constelações brilhantes, vastas nebulosas, sistemas estelares inexpugnáveis e mundos cintilantes, onde exploradores corajosos invadem criptas de mundos mortos em busca de glória e tesouros.
Ladinos insolentes espreitam os incautos nas vielas úmidas das cidades de mundos antigos e jovens.
Clérigos devotados levam a Palavra a todos os cantos
da galáxia e robôs gigantes lutam em arenas para o deleite do público. Cientistas astutos saqueiam as ruínas de povos desaparecidos, pesquisando sem medo os segredos demasiados obscuros para a luz das estrelas.
Monstros espaciais, vilões de coração negro, demônios, hordas selvagens e abominações inimagináveis espreitam em nebulosas horripilantes,ruínas infindáveis, mundos destroçados e nas vastas regiões inexploradas da galáxia, sedentos pelo sangue dos heróis.
A criatura mais perigosa da galáxia sempre será um ser impiedoso o suficiente para realizar qualquer tarefa necessária para a obtenção de suas metas.
Mesmo um ser de inteligência limitada consegue imaginar as intenções de um Aemon ao vê-la caindo em seu mundo, mas desvendar os propósitos de um cientista inescrupuloso ou mercador traiçoeiro é muito mais difícil. Por isso, independente da raça ou posição as criaturas mais notáveis que vagam pela galáxia são os heróis e seus inimigos.
Esta é a Via Láctea um lugar de grandes heróis e vilões irreparáveis, repleta de mundos envoltos em mistérios e grandes perigos. Uma galáxia para você moldar, guiar, defender, conquistar ou reinar.




Nenhum comentário:

Postar um comentário